Notícias

Coronavírus: tem viagem programada? Saiba como cancelar ou alterar voos

Planejou uma viagem em território nacional ou internacional e está na dúvida se deve ir ou não?

Com o aumento de casos de coronavírus no Brasil, muitos viajantes estão no mesmo barco. Enquanto o turismo procura convencer as pessoas de remarcar datas para não deixar de viajar, o setor aéreo busca flexibilizar políticas de cancelamento e alteração de voos como resposta à crise econômica.

Neste artigo, vamos detalhar as condições impostas pelas companhias aéreas para que você saiba como salvar aquela viagem que demorou meses (ou anos) para planejar!

Novas medidas na Azul

Para os destinos internacionais, os quais se encontram suspensos no momento (atualizado em 16/03), a Azul liberou a alteração e cancelamento sem custo nos trechos de ou para Lisboa, Porto, Estados Unidos e América.

Uma única alteração poderá ser feita desde que a viagem seja realizada até o dia 30 de setembro de 2020. Se optar por cancelamento, poderá deixar o valor do voo como crédito para viagens futuras contanto que seja dentro do período de um ano. Este contará desde a data de emissão do bilhete cancelado. O valor é pessoal e intransferível.

Para os destinos nacionais, poderão ser feitas alterações e cancelamentos em voos previstos para a data de até 30 de setembro de 2020. Embora a alteração poderá ser feita sem custo de taxa, a diferença tarifária das passagens será cobrada normalmente.

Em relação aos cancelamentos, viajantes podem cancelar a reservar sem custo nenhum e deixar o valor como crédito. A validade também será de 1 ano.

Fale com a Central de Atendimento da companhia pelo número (11) 400-1118 ou entre no site da Azul para obter mais informações! Lembrando que as companhias áreas têm recebido diversos telefonemas por dia. Seja paciente ao ligar.

Novas medidas na Gol

Para voos nacionais e internacionais previstos para até dia 14 de maio, o cancelamento poderá ser feito de duas maneiras

A primeira é opção de utilizar o valor como crédito para voos posteriores. A segunda é optar pelo reembolso. Neste caso, não haverá taxa de cancelamento, mas a taxa de reembolso poderá ser cobrada normalmente conforme a regra de tarifa da passagem.

A remarcação do voo poderá ser feita para um período de até 330 dias (cerca de 11 meses), contando da data da compra do bilhete. A alteração será feita livre de custo. O único valor cobrado será o da diferença entre as tarifas.

Para mais informações, entre em contato com a Central de Relacionamento com Cliente da Gol por meio do número 0300 115 2121 ou visite o site da Gol.

Novas medidas na Latam

Voos internacionais

Para voos internacionais adquiridos até 5 de março, sendo a viagem prevista para 13 de março até 30 de abril, é possível fazer uma alteração de data ou destino sem custos até 31 de dezembro de 2020.

Para compras realizadas entre 6 de março e 12 de março de 2020, o viajante pode modificar a data ou destino uma única vez livre de custos. A viagem deve ser feita até o dia 31 de dezembro de 2020. Esta alteração poderá ser feita até 14 dias antes da partida do voo original.

Passagens compradas entre 13 e 31 de março de 2020 podem ter o destino e data alterados uma única vez, sem taxas, para viagens até dia 31 de dezembro de 2020. Esta modificação poderá ser feita até 5 dias antes da partida do primeiro voo.

Para todos os casos acima, o reembolso está sujeito as regras de cada tarifa. O viajante também poderá pagar diferenças tarifárias se necessário.

Voos nacionais

Para voos domésticos comprados até 12 de março, com viagem programada entre 13 de março a 15 de abril de 2020, o viajante poderá alterar a data ou destino uma única vez e livre de custo. A viagem deve ser realizada até dia 31 de dezembro de 2020.

Já entre compras feitas entre 13 e 31 de março de 2020, o destino ou a data poderão ser modificados uma única vez até 31 de dezembro deste ano. Esta alteração poderá ser feita em até 5 dias antes da partida do voo original.

Em ambos os casos, o viajante está sujeito a diferenças tarifárias. O reembolso será feito de acordo com a regra da tarifa adquirida.

Ainda está cheio de dúvidas? Veja o site da Latam ou entre em contato através do SAC no número 0800 123 200 ou ligue nos telefones 4002-5700 (capitais) e 0300 570 5700.

Leia também o nosso artigo sobre a situação dos voos nacionais para entender os efeitos do coronavírus no setor aéreo. Por enquanto, as empresas se preparam para enfrentar um período ainda mais escasso de passageiros e voos. 

Não foram divulgadas recomendações oficiais para evitar viagens aéreas até o momento. Se você pretende viajar nas próximas semanas, prepare-se para encontrar pouca variedade de datas e trajetos disponíveis.